← voltar para plataforma impacto

Programa Papas al Dia de Mensagens de Alta Frequência para Pais no Chile

Publicado em 20/10/2022
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Informar os pais sobre a vida escolar de seus filhos.

Onde e quando foi implementado?

O programa Papas al Dia foi implementado nos anos letivos de 2014 e 2015 em 7 escolas públicas em Santiago, no Chile.

Como é o desenho?

O programa teve por foco alunos do 4º ao 8º ano do Ensino Fundamental e duração de 2 anos. Foram enviadas aos pais ou cuidadores destes alunos mensagens de texto SMS de 3 tipos, que informavam:

  1. faltas em cada um dos dias de aulas da semana, quando ocorria alguma falta, em mensagem enviada semanalmente;
  2. número de comportamentos avaliados de forma negativa, neutra ou positiva pelo professor, em mensagem enviada uma vez por mês;
  3. desempenho individual do aluno nas provas escolares de Matemática, e a média da sala, também em mensagem enviada uma vez por mês.

O que aprendemos com o monitoramento e a avaliação?

Foram documentadas, no artigo para discussão listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal do programa sobre os alunos participantes:

  • 48% dos pais ou cuidadores revelaram não saber precisamente a frequência escolar destes alunos nas últimas duas semanas anteriores ao início da implementação do programa [1];
  • aumento de 11% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. em um indicador de envolvimento dos pais com a vida escolar dos filhos, em casa, ou no que diz respeito à sua relação com a escola [1];
  • aumento de 1% na frequência escolar, e aumento de 6% (ou 4,5 pontos percentuais) na taxa de alunos que frequentaram mais de 85% das aulas, que é o nível mínimo requerido para aprovação [1];
  • aumento de 8% de um desvio-padrão na nota global das provas escolares de Matemática aplicadas durante o período em que o programa foi implementado [1];
  • aumento de 11% de um desvio-padrão na nota global das provas escolares de Língua Espanhola aplicadas durante o período em que o programa foi implementado [1];
  • os efeitos descritos acima foram particularmente pronunciados para alunos que tinham, ao início da implementação do programa, baixa frequência escolar, notas mais baixas e/ou comportamento pior na sala de aula [1].

De onde vem essa informação?

  1. Berlinski, S., Busso, M., Dinkelman, T., & Martínez, C. (2021). Reducing Parent-school Information Gaps and Improving Education Outcomes: Evidence from High-frequency Text Messages. National Bureau of Economic Research Working Paper.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.