← voltar para plataforma impacto

Programa de Incentivos Financeiros à Leitura para Alunos do Ensino Fundamental em Dallas

Publicado em 12/04/2023
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Aumentar a frequência com que alunos praticam leitura.

Onde e quando foi implementado?

O programa foi implementado durante o ano escolar americano de 2007-2008 em Dallas, no contexto de um estudo experimentalOs estudos experimentais utilizam mecanismos aleatórios (isto é, sorteios) para definir quem será e quem não será contemplado por um determinado programa ou política pública, garantindo que as diferenças futuras entre estes grupos possam ser atribuídas com maior credibilidade à intervenção em si - e não a diferenças entre quem é e quem não é "tratado". de impacto envolvendo 42 escolas públicas.

Como é o desenho?

O programa teve por foco alunos do 2º ano do ensino fundamental e consistiu na oferta de incentivos financeiros para estimular o hábito de leitura em casa.

Concretamente, os alunos receberam 2 dólares americanos sempre que leram um livro e tiveram performance maior do que 80% em um quiz pelo Accelerated Reader, um software de verificação e avaliação rápida da compreensão de leitura. Esses incentivos foram distribuídos 3 vezes no ano e remuneraram, no máximo, a leitura e verificação de leitura para 20 livros por semestre.

Os livros provinham do acervo existente na escola e poderiam ser selecionados voluntariamente pelos alunos.

O que aprendemos com o monitoramento e a avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal do programa de incentivos financeiros:

  • em média, os estudantes receberam 14 dólares americanos, o que equivalia à leitura e avaliação rápida da compreensão de 7 livros [1];
  • não foi encontrado efeito em um indicador de esforço e engajamento com os estudos, construído com informação autorreportada coletada ao fim do ano em que o programa estava em operação [1];
  • aumento de 22% de um desvio padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. na nota em um exame padronizado de Língua Inglesa (leitura) aplicado no fim do ano em que o programa estava em operação, entre alunos falantes nativos do Inglês [1];
  • redução de 16% de um desvio padrão na nota no mesmo exame, entre alunos que não tinham como primeira língua falada em casa o Inglês (em particular, entre falantes nativos do espanhol), sugerindo que a indução da leitura de livros em inglês para esses alunos pode ter sido prejudicial na etapa de alfabetização [1];
  • não foram encontrados efeitos estatisticamente significantesChamam-se de estatisticamente significantes as estimativas de impacto que são distinguíveis do valor zero, após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos. na nota em exames padronizados de Matemática, aplicados no fim do ano em que o programa estava em operação [1].

 

De onde vem essa informação?

  1. Fryer Jr, R. G. (2011). Financial Incentives and Student Achievement: Evidence from Randomized Trials. The Quarterly Journal of Economics, 126(4), 1755-1798.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.