← voltar para plataforma impacto

Formação Continuada de Professores no Programa Un Buen Comienzo em Santiago do Chile

Publicado em 22/02/2024 Atualizado em 26/03/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Aumentar a sistematicidade e intencionalidade de conteúdos curriculares voltados à formação de habilidades cognitivas e socioemocionais na educação infantil, e integrar creches e pré-escolas a serviços de atenção primária à saúde.

Onde e quando?

O Un Buen Comienzo foi implementado a partir de 2007 no Chile. As informações abaixo se referem a um estudo experimentalOs estudos experimentais utilizam mecanismos aleatórios (isto é, sorteios) para definir quem será e quem não será contemplado por um determinado programa ou política pública, garantindo que as diferenças futuras entre estes grupos possam ser atribuídas com maior credibilidade à intervenção em si - e não a diferenças entre quem é e quem não é "tratado". de impacto do programa conduzido em 2008, envolvendo 64 centros de educação infantil em 6 municípios com altos índices de pobreza na província de Santiago do Chile.

Como é o desenho?

O programa, de duração de 2 anos, teve por foco professores e alunos da educação infantil pública e envolveu treinamento em três áreas:

  1.  desenvolvimento da linguagem e de habilidades precursoras da alfabetização e do letramento, com atividades de vocabulário das crianças, produção e compreensão oral e habilidades emergentes de escrita;
  2. desenvolvimento socioemocional, com discussão de estratégias para lidar com alunos que manifestassem problemas de comportamento em sala de aula e de formas de criar um ambiente positivo e desafiador para os alunos;
  3. coordenação da educação infantil com os equipamentos públicos de saúde, e treinamento dos professores em doenças comuns entre os escolares (como doenças respiratórias).

A formação compreendeu 12 módulos, cada um com 4 oficinas semanais de 4 horas de didática e com 2 sessões de treinamento, com 2 visitas mensais dos responsáveis pela formação às salas de aula.

Seguindo as deliberações das entidades da sociedade civil chilena, o programa apenas incentivou estratégias de desenvolvimento da linguagem sem apresentar um currículo estruturado e escalonado de atividades.

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do impacto causal do programa Un Buen Comienzo:

  • aumento de 38% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. em um indicador de cultura da sala de aula, contendo informação sobre o ambiente de apoio à aprendizagem, clima na sala de aula, e sensibilidade do professor [1];
  • não foram encontrados efeitos estatisticamente significantesChamam-se de estatisticamente significantes as estimativas de impacto que são distinguíveis do valor zero, após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos. em um indicador de práticas pedagógicas de instrução, contendo informação sobre a explicação da aula, verificação da compreensão e comentários construtivos [1];
  • aumento de 43% de um desvio-padrão em um indicador de organização da sala de aula [1];
  • aumento de 16% de um desvio-padrão em um indicador de funções executivas, contendo informação sobre controle inibitório de impulso, atenção e comportamento externalisante [1];
  • não foram encontradas evidências sistemáticas de efeitos em indicadores de desenvolvimento de linguagem, habilidades precursoras da alfabetização e habilidades emergentes de escrita, ao fim do período de implementação [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Yoshikawa, H., Leyva, D., Snow, C. E., Treviño, E., Barata, M., Weiland, C., … & Arbour, M. C. (2015). Experimental Impacts of a Teacher Professional Development Program in Chile on Preschool Classroom Quality and Child Outcomes. Developmental Psychology, 51(3), 309.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.