← voltar para plataforma impacto

Avaliação de Professores em Escolas Públicas de Cincinnati

Publicado em 12/04/2024 Atualizado em 12/04/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Dar devolutivas construtivas a educadores, ajudando-os a identificar áreas de desenvolvimento profissional e a melhorar os níveis de aprendizado.

Onde e quando?

A iniciativa foi implementada a partir de 2003 em Cincinnati, em Ohio, Estados Unidos. Os resultados abaixo se referem a um estudo observacional que usa dados de 100 professores e aproximadamente 14.500 alunos, de 2003 a 2010.

Como é o desenho?

O principal componente do programa foi um sistema rotativo de avaliação, baseado em observação de aulas de professores de Matemática do 4° ao 6° ano, 4 vezes ao ano (3 vezes por um colega mais experiente e 1 vez pelo diretor da escola).¹ Para garantir a boa implementação do novo sistema, a fase de avaliações foi precedida por uma fase de treinamento de professores e diretores no preenchimento das rubricas.

A avaliação cobriu as dimensões:

  1. planejamento da aula;
  2. gestão da sala de aula;
  3. instrução;
  4. conhecimento do conteúdo.²

Após cada ciclo de observação em sala, os avaliadores preencheram rubricas padronizadas, e as apresentaram em reuniões com os professores. Ao final do ano, os professores avaliados receberam um resumo consolidado das devolutivas com suas pontuações finais. Durante o período, estas pontuações foram usadas em decisões de renovação de contrato, promoção no emprego ou a alocação em aconselhamento por pares mais experientes.

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal do sistema de avaliação:

  • mais de 90% dos professores obtiveram uma pontuação final que os colocava no patamar “proficiente”, o que é sugestivo de indulgência por parte dos avaliadores no processo de preenchimento das rubricas [1];
  • aumento de 5,2% a 8,7% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. nas notas dos alunos dos professores avaliados em um exame padronizado de Matemática, no ano da avaliação, e aumento de 7,5% a 15,7% de um desvio-padrão, nos anos subsequentes à avaliação [1].
  1. Como o sistema era rotativo, cada professor era avaliado, em média, de 5 em 5 anos.
  2. A implementação foi precedida por uma fase de treinamento de professores e diretores no preenchimento das rubricas, que se basearam no livro Enhancing Professional Practice: A Framework for Teaching, de Charlotte Danielson.

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Taylor, E. S., & Tyler, J. H. (2012). The Effect of Evaluation on Teacher Performance. American Economic Review102(7), 3628-3651.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.