← voltar para plataforma impacto

Adoção de Medidas de Escolas Charter em Escolas Públicas de Ensino Fundamental II e Ensino Médio de Houston

Publicado em 14/05/2022
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Aumentar a capacidade de escolas de baixa performance em estimular o aprendizado dos alunos.

Onde e quando?

As medidas foram adotadas, a partir do ano letivo americano de 2010-2011, por escolas públicas de baixa performance na região metropolitana de Houston, Texas, nos Estados Unidos. O contexto era de um estudo observacional de impacto de larga escala sobre as coortes participantes.

Como é o desenho?

No período, foram adotadas práticas típicas de escolas charter de alta performance nos Estados Unidos nas escolas públicas participantes, de forma centralizada:

  1. O tempo dedicado à instrução aumentou em mais de 20%, ou em 1 hora de segunda-feira a quinta-feira, e em 10 dias para o total de dias letivos no ano. Os alunos também foram encorajados a participar de aulas adicionais aos fins de semana, mais direcionadas às suas necessidades individuais.
  2. Substituição e recrutamento de diretores e professores, baseado no histórico de medidas de valor adicionado em exames padronizados, no histórico de avaliações dos diretores, observações em sala de aula e, no caso de diretores, entrevistas. Além disso, houve implementação de devolutivas frequentes para professores empregados na escola e programas de treinamento em práticas pedagógicas efetivas.
  3. Tutoria em Matemática em grupos de 2 para todos alunos do 6º e 9º anos por, aproximadamente, 200 horas, durante o período escolar regular; e, aulas extras de Matemática (frequentemente utilizando softwares de aprendizagem no computador) e/ou Língua Inglesa (leitura) para alunos do 7º e 8º anos do Ensino Fundamental II e do ensino médio com defasagens identificadas de aprendizado vindas do ano anterior.
  4. Implementação de análises diagnósticas frequentes (uma a cada 3 ou 4 semanas), formação de redes de apoio no uso de dados para acompanhar o desempenho dos alunos e diferenciar instrução pelo nível de aprendizado.
  5. Estímulo à cultura de expectativas altas de desempenho escolar, por meio da: (i) formação de objetivos específicos para o corpo discente, administrativo e para cada cada aluno e de instrumentos de prestação de contas e incentivos financeiros aos diretores; (ii) campanha difusa em prol de uma mentalidade centrada na ideia de que o sucesso (da e na escola) exige um trabalho árduo, resumida pelo mote "No Excuses".

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, nos artigos listados na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal da adoção das práticas de escolas charter nas escolas públicas contempladas pela reforma nos anos seguintes:

  • aumento de 14% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. em notas em exames padronizados de Matemática, para cada ano em que os alunos frequentaram as escolas contempladas [1];
  • há evidências de que os ganhos descritos foram de maior magnitude (61% de um desvio padrão) no 6º e 9º anos, em que houve tutoria em Matemática (ver item 3 do desenho da política) [1];
  • os efeitos positivos descritos ocorreram tanto no grupo de alunos com menores níveis de aprendizado, quanto no de alunos com maiores níveis de aprendizado ao início da implementação do programa, mas há evidência de que o segundo grupo de alunos tenha sido mais beneficiado [1];
  • não há evidência de impacto estatisticamente significanteChamam-se de estatisticamente significantes as estimativas de impacto que são distinguíveis do valor zero, após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos., ou de mesma magnitude, sobre as notas em exames padronizados de Língua Inglesa (leitura) [1];
  • aumento de 0,5% (ou 0,5 pontos percentuais) na frequência escolar [2].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.