← voltar para plataforma impacto

Escola Internato SEED em Washington DC

Publicado em 19/04/2023 Atualizado em 05/02/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Oferecer oportunidades educacionais de qualidade para estudantes em situação de pobreza.

Onde e quando?

As escolas SEED são uma rede nacional de internatos públicos nos Estados Unidos. As informações abaixo se referem a uma escola SEED localizada em Washington D.C., fundada em 1997 e a alunos inscritos para entrada nos anos de 2007 e 2008. Nestes anos, foram implementados sorteios para decidir quais alunos efetivamente teriam a oportunidade de se matricular e frequentar a escola.

Como é o desenho?

A escola tem por foco alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio em famílias em situação de pobreza. Ela funciona em regime de internato no campus escolar por 5 dias por semana. A escola adota práticas típicas de escolas charter, como:

  1. Alto tempo diário dedicado à instrução durante a semana, quando comparado a outras escolas em funcionamento.
  2. Avaliações diagnósticas frequentes.
  3. Estímulo à cultura de expectativas altas de desempenho escolar, por meio de: (i) formação de objetivos específicos para o corpo discente, administrativo e para cada cada aluno; (ii) uma mentalidade centrada na ideia de que o sucesso (da e na escola) exige um trabalho árduo, resumida pelo mote “No Excuses“.
  4. Tutoria para alunos identificados pelo corpo escolar como aqueles que se beneficiariam da diferenciação da instrução para corrigir defasagens de aprendizado.

O currículo do ensino fundamental concentra-se no desenvolvimento de habilidades básicas em leitura e matemática, e o ensino médio usa um currículo preparatório intensivo que exige que todos os alunos façam o teste de admissão à faculdade – ou Stanford Achievement Test (SAT) ou ACT Test – e se inscrevam em pelo menos cinco faculdades ou universidades para se formar.

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do impacto causal da escola SEED em alunos que se inscreveram na escola em 2007 e 2008:

  • aumento, para meninas, de 27% de um desvio padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. nas notas em exames padronizados de Matemática aplicados ao fim do 7º e do 8º anos do ensino fundamental, para cada ano em que frequentaram a escola [1], embora não tenha sido encontrado efeito estatisticamente significanteChamam-se de estatisticamente significantes as estimativas de impacto que são distinguíveis do valor zero, após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos. para os meninos [1];
  • aumento, para meninas, de 21% a 28% de um desvio padrão nas notas em exames padronizados de Língua Inglesa, também aplicados ao fim do 7º e do 8º anos do ensino fundamental, para cada ano em que frequentaram a escola nos anos anteriores, embora, também nessa matéria, não tenha sido encontrado efeito estatisticamente significante para os meninos [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Curto, V. E., & Fryer Jr, R. G. (2014). The Potential of Urban Boarding Schools for the Poor: Evidence from SEED. Journal of Labor Economics, 32(1), 65-93.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.