← voltar para plataforma impacto

Programa Nacional de Ensino Técnico e Profissionalizante na Turquia

Publicado em 20/10/2022
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho e a qualidade do emprego da população economicamente ativa.

Onde e quando?

O programa foi implementado pela Agência Nacional de Emprego da Turquia a partir do ano de 2008 em 81 províncias espalhadas pelo país, no contexto de um estudo experimentalOs estudos experimentais utilizam mecanismos aleatórios (isto é, sorteios) para definir quem será e quem não será contemplado por um determinado programa ou política pública, garantindo que as diferenças futuras entre estes grupos possam ser atribuídas com maior credibilidade à intervenção em si - e não a diferenças entre quem é e quem não é "tratado". para avaliação de impacto.

Como é o desenho?

O programa ofereceu gratuitamente três meses (cerca de 340 horas, 6 horas por dia) de treinamento prático em sala de aula, ofertado por instituições públicas e privadas, com tamanho médio de sala de 28 alunos. Para cada dia de treinamento completo, os participantes recebiam uma transferência de 15 Liras (o equivalente a 10 dólares americanos em 2010).

Não houve focalização em grupos etários ou sociais específicos. Para ser elegível para participar do curso, os indivíduos deviam ter pelo menos 15 anos de idade, ter pelo menos educação primária e atender a outros pré-requisitos de habilidade que dependiam do curso que desejavam participar (por exemplo, cursos de software podiam exigir algum conhecimento ou habilidades de TI pré-existentes). 

Os cursos ofertados eram nas áreas de: (i) contabilidade computacional; (ii) oferta de serviços (babá, operador de caixa, garçom, cuidador de idosos); (iii) artesanato e operação de máquinas (soldador, encanador, mecânico); (iv) ocupações técnicas (design, engenharia elétrica, técnico em computação); (v) outras ocupações profissionais (como web-designer, programador computacional, especialista de TI).

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal do programa sobre os indivíduos que receberam convites para participar do programa entre os anos 2010 e 2011:

  • 72% completaram os cursos de ensino técnico e profissionalizante [1];
  • aumento de 5% sobre a taxa de emprego, de 6% sobre a taxa de formalidade no emprego, e de 9% nos salários obtidos nestes empregos formais, 1 ano após a implementação [1];
  • nenhum impacto sobre as variáveis acima, 3 anos após a implementação, sugerindo que os efeitos se dissiparam com o tempo [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Hirshleifer, S., McKenzie, D., Almeida, R., & Ridao?Cano, C. (2016). The Impact of Vocational Training for the Unemployed: Experimental Evidence from Turkey. The Economic Journal, 126(597), 2115-2146.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.