← voltar para plataforma impacto

Programa de Suplementação de Ferro e Desverminação em Centros de Educação Infantil em Deli

Publicado em 20/12/2022 Atualizado em 25/04/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Combater a anemia por deficiência de ferro em crianças.

Onde e quando?

O programa foi implementado nos anos de 2001 e 2002 na cidade de Deli, Índia, no contexto de um estudo experimentalOs estudos experimentais utilizam mecanismos aleatórios (isto é, sorteios) para definir quem será e quem não será contemplado por um determinado programa ou política pública, garantindo que as diferenças futuras entre estes grupos possam ser atribuídas com maior credibilidade à intervenção em si — e não a diferenças entre quem é e quem não é "tratado". envolvendo aproximadamente 2.400 crianças em 200 centros de educação infantil geridos pela ONG Pratham.

Como é o desenho?

O programa teve por foco alunos de 2 a 6 anos e consistiu na provisão diária, pelo período de 1 mês, de suplementos nutricionais de combate à anemia (33.3 mg de ferro e ácido fólico) nas semanas que sucederam a eventos de promoção de saúde nas escolas, organizados pela Pratham em Dezembro de 2001 e Março de 2002. Nesses eventos, as crianças também receberam vermífugos (400 mg de albendazol).

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal do programa:

  • as crianças nas instituições contempladas receberam, em média, 18 doses diárias de ferro e ácido fólico no período de 1 mês que sucedeu os 2 eventos, ou 60% do tratamento completo previsto para a implementação [1];
  • aproximadamente 6 a cada 10 crianças matriculadas nas instituições contempladas receberam os vermífugos durante o período de implementação [1];
  • aumento de 47 a 52% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. em um indicador normalizado de peso por altura, 4 meses após o início da implementação [1];
  • aumento de 31 a 37% de um desvio-padrão em um indicador normalizado de peso por idade, também 4 meses após o início da implementação [1];
  • não foram encontrados efeitos estatisticamente significantesChamam-se de estatisticamente significantes as estimativas de impacto que são distinguíveis do valor zero, após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos. sobre altura ou em um indicador normalizado de altura por idade, ainda 4 meses após o início da implementação [1];
  • aumento de 3,4 a 4,7% (ou de 0,5 a 0,6 quilo) no peso, no mesmo horizonte temporal [1];
  • aumento de 8,3 a 11% (ou de 5,8 a 7,9 pontos percentuaisO efeito de um programa em termos percentuais (%) é diferente do efeito do programa em pontos percentuais. Por exemplo, se uma variável binária tem média de 10%, um efeito de 5 pontos percentuais representa aumento de 50%.) na frequência escolar durante o período, com efeitos concentrados em crianças com anemia severa ao início da implementação [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Bobonis, G. J., Miguel, E., & Puri-Sharma, C. (2006). Anemia and School Participation. Journal of Human Resources, 41(4), 692-721.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.