← voltar para plataforma impacto

Iniciativa Rosenwald Rural Schools de Construção e Aprimoramento de Escolas nos Estados Unidos

Publicado em 25/03/2024 Atualizado em 26/04/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Diminuir diferenças de escolarização entre grupos raciais.

Onde e quando?

A iniciativa foi implementada a partir de 1913 por uma parceria entre o filantropo Julius Rosenwald e Booker Washington, que ocupava o cargo de diretor do Tuskegee Institute, no Alabama, Estados Unidos. Os resultados abaixo se referem a um estudo observacional que utiliza dados dos censos demográficos de 1900 a 1930.

Como é o desenho?

A iniciativa teve por foco regiões rurais do sul do país e consistiu no cofinanciamento pelo filantropo e pelos governos locais da construção sistemática de escolas para crianças negras da região. Os prédios foram construídos com base em designs modernos, com iluminação e ventilação adequadas, e boas condições de saneamento. Além disso, iniciativas adicionais incluíram a estipulação de salários mínimos, e provisão de alojamento e treinamento para que professores ocupassem vagas nas novas escolas.

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do monitoramento e do impacto causal da iniciativa:

  • entre 1914 e 1931, foram construídas aproximadamente 5.000 escolas [1];
  • aumento de 6,8% a 12% (ou de 4,1 a 7,2 pontos percentuaisO efeito de um programa em termos percentuais (%) é diferente do efeito do programa em pontos percentuais. Por exemplo, se uma variável binária tem média de 10%, um efeito de 5 pontos percentuais representa aumento de 50%.) na taxa de crianças e adolescentes negros (de 7 a 17 anos) em áreas predominantemente rurais que estavam matriculadas na escola, e de 7,4% a 13% (ou de 5,3 a 9,3 pontos percentuais) na taxa de adolescentes e jovens adultos negros (15 a 22 anos) que sabiam ler e escrever [1];
  • aumento de 14% a 20% (ou de 1 a 1,4 ano) no número total de anos de estudo alcançados e de 69% a 75% (ou de 8,3 a 9 pontos percentuais) na taxa de crianças negras em áreas predominantemente rurais que tinham completado o Ensino Médio, quando observadas dos 18 aos 30 anos de idade [1];
  • os efeitos descritos acima foram particularmente pronunciados para crianças que viviam em unidades administrativas (condados) com uma parcela alta de ex-escravos em sua população [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Aaronson, D., & Mazumder, B. (2011). The Impact of Rosenwald Schools on Black Achievement. Journal of Political Economy, 119(5), 821-888.

Vídeos

Acesse aqui bases utilizadas na elaboração desse artigo.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.