← voltar para plataforma impacto

Diretrizes sobre Tamanho Máximo de Sala de Aula na Bolívia

Publicado em 03/05/2022
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Assegurar que todos os alunos tenham apoio pedagógico suficiente no processo de aprendizagem.

Onde e quando foi implementado?

As diretrizes foram impostas em 1980 e estão em vigência até os dias de hoje na Bolívia.

Como é o desenho?

As diretrizes sobre a alocação de alunos em salas de aula estipularam que o tamanho máximo de salas de aula do Ensino Fundamental I seria de 30 alunos, modificando assim a razão de alunos por professor nas escolas do país. No caso de excesso de alunos com relação a essa número máximo, foi alocado um professor novo para a escola.

O que aprendemos com o monitoramento e a avaliação?

Foram documentadas, no artigo listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do impacto causal das diretrizes sobre os alunos matriculados no 3º ano do Ensino Fundamental I em escolas rurais em 1996:

  • a cada diminuição de 1 aluno na sala de aula, aumento de 2% de um desvio-padrãoO desvio padrão mede a dispersão de valores de uma variável - números mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média; valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para distribuição normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito proporcional de aproximadamente 4 percentis a partir do percentil 50. em um exame padronizado de Língua Espanhola [1];
  • a cada diminuição de 1 aluno na sala de aula, aumento de 3% de um desvio-padrão em um exame padronizado de Matemática [1].

De onde vem essa informação?

  1. Urquiola, M. (2006). Identifying Class Size Effects in Developing Countries: Evidence from Rural Bolivia. Review of Economics and Statistics, 88(1), 171-177.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.