← voltar para plataforma impacto

Diretrizes para Cuidados Neonatais Intensivos para Recém-Nascidos de Baixíssimo Peso no Chile

Publicado em 06/06/2024 Atualizado em 10/06/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Mitigar os efeitos do baixo peso ao nascer sobre as chances de sobrevivência e a qualidade de vida.

Onde e quando?

As diretrizes foram adotadas no Chile durante a década de 1990. Os resultados abaixo se referem a um estudo observacional que usa dados do universo de crianças nascidas no país entre 1992 e 2002.

Como é o desenho?

Em 1991, foram estabelecidos padrões uniformes para o cuidado e equipamento em todas as UTIs neonatais. Em particular, as diretrizes estabeleceram protocolos padronizados para cuidados de bebês que nasceram com menos de 1.500 gramas e/ou com menos de 32 semanas de gestação. Desde 1998, as recomendações incluíram o uso de surfactante pulmonar exógeno para tratar a síndrome do desconforto respiratório em recém-nascidos de baixíssimo peso.

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, no artigo publicado listado na seção abaixo, as seguintes evidências de monitoramento e impacto causal:

  • evidências qualitativas sugerem que o corte de peso de 1.500 gramas é utilizado pelas equipes médicas para determinar o uso de tratamentos intensivos, nos casos em que os bebês nascem com mais de 32 semanas de gestação [1];
  • nesse grupo, houve redução de 40% (ou de 4,5 pontos percentuaisO efeito de um programa em termos percentuais (%) é diferente do efeito do programa em pontos percentuais. Por exemplo, se uma variável binária tem média de 10%, um efeito de 5 pontos percentuais representa aumento de 50%.) na taxa de recém-nascidos de menos de 1.500 gramas que morreram durante o primeiro ano de vida, quando comparados a bebês que nasceram com peso um pouco acima do corte [1];
  • ainda nesse grupo, houve aumento de 14% de um desvio-padrãoO desvio-padrão mede a dispersão de valores de uma variável - valores mais altos indicam maior ocorrência de valores longe da média e valores mais baixos refletem maior concentração de valores próximos à média. Para a distribuição normal, ou para distribuições razoavelmente similares a uma normal, um aumento de 10% de um desvio-padrão equivale a um efeito de 4 percentis a partir do percentil 50 - isto é, a passar da posição 50 para a posição 54, em uma fila de 100. nas notas em exames padronizados de Matemática realizados com aproximadamente 10 anos, além de aumentos da ordem de 9,1% a 15% nas notas em provas aplicadas durante a educação básica [1];
  • a introdução do uso de surfactante pulmonar exógeno em 1998  intensificou os efeitos do uso de tratamentos intensivos: para os efeitos em notas descritos imediatamente acima, houve aumento duas vezes maior (20% de um desvio-padrão) entre 1998 e 2002 do que entre 1992 e 1997 (10% de um desvio-padrão) [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Bharadwaj, P., Løken, K. V., & Neilson, C. (2013). Early Life Health Interventions and Academic Achievement. American Economic Review, 103(5), 1862-1891.

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.