Crianças e adolescentes

Crianças e Adolescentes

Primeira parte da série focada na pobreza de crianças e adolescentes. Apresenta a evolução das situações de pobreza e extrema pobreza monetária entre crianças e adolescentes de 0 a 17 anos no Brasil, tratando da evolução da incidência, distribuição e hiato da pobreza.

Crianças e adolescentes: magnitude da pobreza e extrema pobreza no Brasil



Com base nos microdados da PNAD Contínua, o painel apresenta uma análise do retrato e da série histórica, para os anos de 2012 a 2019, da magnitude da pobreza e extrema pobreza monetária de crianças e adolescentes (0 a 17 anos) no Brasil. Além disso, é possível analisar esses indicadores para recortes de sexo, faixa etária, raça ou cor, área de residência, região do país e Unidade Federativa.

A análise para a faixa de 0 a 17 anos permite refletir sobre questões associadas à mobilidade social intrageracional, aquela que ocorre no decorrer da vida do indivíduo, e abrange jovens até a idade máxima definida por lei como obrigatória para permanência na educação básica (que abrange educação infantil, ensino fundamental e ensino médio).

Esse é o primeiro painel de uma série que lançará luz sobre as diferentes realidades de crianças e adolescentes no Brasil. Nessa série, serão apresentados importantes resultados que possibilitam pensar em alternativas para a mitigação da desigualdade de oportunidades entre crianças e adolescentes de diferentes grupos de renda, cujo objetivo maior é romper a armadilha da pobreza e remover as barreiras à mobilidade social no Brasil.

Topo