← voltar para plataforma impacto

Merendas Escolares pelo World Food Program em Acampamentos de Refugiados em Uganda

Publicado em 01/04/2024 Atualizado em 29/05/2024
Compartilhe:

Qual o objetivo?

Apoiar a alimentação de alunos em idade escolar.

Onde e quando?

A iniciativa foi implementada por um programa mais amplo, chamado World Food Program, nos distritos de Pader e Lira, Uganda, no contexto de um estudo experimentalOs estudos experimentais utilizam mecanismos aleatórios (isto é, sorteios) para definir quem será e quem não será contemplado por um determinado programa ou política pública, garantindo que as diferenças futuras entre estes grupos possam ser atribuídas com maior credibilidade à intervenção em si — e não a diferenças entre quem é e quem não é "tratado". envolvendo 31 campos de refugiados e aproximadamente 3.100 crianças.

Como é o desenho?

O programa forneceu um café da manhã gratuito e almoço para todos os alunos matriculados em escolas-alvo. Juntas, as refeições forneciam 1.049 quilocalorias, 32,6 gramas de proteína e 24,9 gramas de gordura, suprindo também necessidades diárias de vitaminas e minerais (incluindo ferro).

O que aprendemos com o monitoramento e avaliação?

Foram documentadas, nos artigos listado na seção abaixo, as seguintes evidências a respeito do impacto causal do programa:

  • não foram encontrados efeitos estatisticamente significantes na taxa de matrícula de crianças e adolescentes de 6 a 13 anos na escola, aproximadamente 2 anos após a implementação [1];
  • no entanto, nas localidades onde foi instaurado, o programa parece ter reaproximado crianças e adolescentes evadidos da escola: para esse grupo, houve aumento de  8,9 pontos percentuais na taxa de matrícula, no mesmo horizonte temporal [1];
  • aumento de 12% (ou de 7,2 pontos percentuaisO efeito de um programa em termos percentuais (%) é diferente do efeito do programa em pontos percentuais. Por exemplo, se uma variável binária tem média de 10%, um efeito de 5 pontos percentuais representa aumento de 50%.) em um indicador de frequência escolar durante o período da manhã, e 61% (ou de 12,2 pontos percentuais) em um indicador de frequência escolar durante o período da tarde, embora a primeira das estimativas seja imprecisamente estimadaDiz-se que um resultado estatístico é imprecisamente estimado quando ele também é consistente com valores muito próximos ou muito distantes de um valor de referência (por exemplo, 0), após incorporada à análise as incertezas associadas à generalização para outras amostras de indivíduos de uma população. [1];
  • redução de 26% (ou 11,5 pontos percentuais) na taxa de alunos do 7º ano que tinham repetido algum ano, ainda no horizonte temporal de 2 anos após a implementação, com efeitos impulsionados pelo grupo de meninos, para os quais houve redução de aproximadamente 50% (ou de 21,2 pontos percentuais) [1];
  • também há evidências de que o programa tenha diminuído as chances de evasão escolar, entre alunos que estudavam em regiões contempladas [1];
  • um programa que, ao invés de implementar as merendas nas escolas, forneceu cestas básicas para as famílias dos alunos com valor nutricional equivalente ao das merendas teve efeitos qualitativamente similares aos descritos acima [1].

Quais as fontes bibliográficas dessa informação?

  1. Alderman, H., Gilligan, D. O., & Lehrer, K. (2012). The Impact of Food for Education Programs on School Participation in Northern Uganda. Economic Development and Cultural Change61(1), 187-218.
  2. WORKING PAPER DE 2008 COM EFEITOS SOBRE APRENDIZADO [1].

Estamos trabalhando para que as páginas contemplem toda a evidência documentada sobre o tema e estejam sempre atualizadas. Se você quiser sugerir algum artigo, entre em contato.